Prontoneuro

Neurologia Hospitalar
Orientações para Pacientes
A+ A-

Sobre o atendimento no Prontoneuro

O Prontoneuro funciona em regime de pronto-atendimento em horário comercial (de segunda a domingo de 07:00 as 19:00 hs) e em sobreaviso nas demais situações. O atendimento é realizado por ordem de chegada. No caso da enfermeira do acolhimento observar indicação de prioridade por risco de agravo iminente ou de morte, este paciente terá seu atendimento antecipado. Você também pode socilitar espera em leito com isolamento acústico de baixa luminosidade em caos de enxaqueca intensa.

Devido a demanda variável, e a complexidade inerente da especialidade, o tempo de espera varia bastante, podendo inclusive ser imediato. Pela natureza do serviço, não é possível agendar atendimento, uma vez que o espaço é dedicado a emergências neurológicas.

Não se recomenda o seguimento clínico exclusivo no Prontoneuro, uma vez que os registros são pontuais e não há prontuário contínuo disponível para avaliação de resposta terapêuticas de longo prazo. Para um acompanhamento adequado, consulte nosso corpo clínico.

Cefaléia (dor de cabeça)

O que é?
Cefaléia, ou "dor de cabeça" como popularmente é conhecida, constitui problema freqüente na população em geral, sendo uma das causas mais comuns de busca de atendimento médico. Ela pode ocorrer isoladamente como manifestações de um complexo sintomático agudo, como a enxaqueca (cefaléias primárias) , ou pode fazer parte de uma doença em desenvolvimento, como infecções, neoplasia cerebral ou sangramentos intracranianos (cefaléias secundárias). Estima-se que cerca de 90% da população mundial já apresentou ou irá apresentar um episódio de cefaléia ao longo da vida. Assim, é necessária uma avaliação completa e sistemática das dores de cabeça, de preferência por um médico cefaliatra (neurologistas especializados no tratamento das dores de cabeça ) leia mais

AVC (acidente vascular cerebral) ou derrame?

O acidente vascular cerebral (AVC), conhecido popularmente como derrame cerebral, pode ser de dois tipos:

a) Acidente Vascular Isquêmico – falta de circulação numa área do cérebro provocada por obstrução de uma ou mais artérias por ateromas, trombose ou embolia. Ocorre, em geral, em pessoas mais velhas, com diabetes, colesterol elevado, hipertensão arterial, problemas vasculares e fumantes.
b) Acidente Vascular Hemorrágico – sangramento cerebral provocado pelo rompimento de uma artéria ou vaso sanguíneo, em virtude de hipertensão arterial, problemas na coagulação do sangue, traumatismos. Pode ocorrer em pessoas mais jovens e a evolução é mais grave. leia mais

Confusão mental aguda

Causa comum de atendimento no pronto-socorro, especialmente em idosos. É a mudança súbita de comportamento associada a rebaixamento do nível de consciência. Tal rebaixamento nem sempre é percebido como sonolência ou torpor, mas pela redução da capacidade de focar a atenção em estímulo e pela redução da capacidade de conseguir sustentar a atenção até a conclusão de um raciocínio ou de uma tarefa.
O rebaixamento costuma oscilar ao longo do dia, estando pior à noite (insônia, agitação, discurso com alguma incoerência, sintomas psicóticos e labilidade emocional) e melhor pela manhã e à tarde (sonolência matutina, amnésia do episódio noturno, melhora da vigilância e da atenção, discurso mais coerente). Pode ocorrer alteração em todas as atividades do psiquismo: humor, memória, percepção sensorial, juízo de realidade, coerência do pensamento, coerência do discurso, sono, motricidade, orientação.
As populações mais acometidas são os idosos internados, pacientes em pós-operatório, pacientes com lesões no SNC, com estados febris, distúrbios metabólicos (hipertireoidismo, cetoacidose diabética, uremia, encefalopatia hepática) e abstinência de substâncias psicoativas. Fonte: http://www.espacoholos.com.br

Convulsão

Convulsão é um distúrbio que se caracteriza pela contratura muscular involuntária de todo o corpo ou de parte dele, provocada por aumento excessivo da atividade elétrica em determinadas áreas cerebrais.
As convulsões podem ser de dois tipos: parciais, ou focais, quando apenas uma parte do hemisfério cerebral é atingida por uma descarga de impulsos elétricos desorganizados, ou generalizadas, quando os dois hemisférios cerebrais são afetados.
Emoções intensas, exercícios vigorosos, determinados ruídos, músicas, odores ou luzes fortes podem funcionar como gatilhos das crises. Outras condições – febre alta, falta de sono, menstruação e estresse – também podem facilitar a instalação de convulsões, mas não são consideradas gatilhos. leia mais

Prontoneuro

Fone: (85) 3265.3499

Av. Santos Dumont, 5633 - Hospital São Mateus
Papicu - Fortaleza - Ceará
Localize no mapa
Marca e Site Criados pela Wsete Design Entre em contato